0
0
0
s2sdefault
Seu Zezim e Dona Maria, os vencedores que buscam conhecimento

Na manhã de quarta-feira, 11/11, aconteceu no sítio Itans-Iguatu/CE, a apresentação da historia de vida da família do Seu Zezim e Dona Maria. O momento contou com a presença de amigos, vizinhos, imprensa e da Assessora Técnica do Programa Uma Terra e Duas Águas (P1+2), da Asa Brasil e do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), Priscilla Silva, e de parceiros da Serra da Ibiapaba.

Seu Zezinho iniciou falando da importância da família, da religiosidade, fé no trabalho e na chuva, “dificuldades a gente sempre passou, hoje esta tudo mais fácil, nunca vi tanta oportunidade para o agricultor conseguir as novidades, eu mesmo consigo manter minha família perto e com renda vinda da minha produção no quintal de casa”, ressaltou Zezim.

A assessora, Priscila Silva, disse que a família do casal, Seu Zezim e Dona Maria, são exemplos reais que todo o trabalho das tecnologias de convivência com o semiárido, dão certo, “o sucesso do trabalho dessa família é fantástico, eles são muito transparentes em suas conquistas e colocações, a presença do pai do Seu Zezim e do irmão Roberto, emocionou muito pela gratidão e união que faz a produção deles ser tão simples e que agrega renda”, disse Priscila.

Seu Zezim já é multiplicador antigo do não uso de agrotóxico e vem ampliando essa visão na comunidade que reside desde o final da década de 1980. Além de sentir na pele os efeitos negativos do agrotóxico que deixou ele e seus filhos doentes, fez com que ele mesmo buscasse conhecimento e achou a orientação em formações para produtores agroecológicos nos Programas Agroecologia Familiar e Projeto Raízes do Instituto Elo Amigo, realizado no inicio da década de 2000, junto com o seu filho José Hildernando.

Para o coordenador executivo do Elo Amigo, Marcos Jacinto, a experiência de vida da família do Seu Zezim, mostra que as oportunidades quando existem dão bons resultados, por isso a importância na ampliação de tecnologias e projetos de convivência para o semiárido, são necessárias e o Asa Brasil tem feito isso muito bem, “Seu Zezim já sabe que o Instituto sempre vai esta a disposição dele, o parceiro que além de ser um resultado real de um processo vivido a alguns anos e que ainda hoje multiplica e se atualiza, mostra que o nordeste merece cada vez mais investimentos para termos o peixe e hortaliças saldáveis, como as do quintal do Seu Zezim”, falou Jacinto.

Veja galeria de fotos abaixo:

Seu Zezim e Dona Maria, os vencedores que buscam conhecimento
Watch the video

Na manhã de quarta-feira, 11/11, aconteceu no sítio Itans-Iguatu/CE, a apresentação da historia de vida da família do Seu Zezim e Dona Maria. O momento contou com a presença de amigos, vizinhos, imprensa e da Assessora Técnica do Programa Uma Terra e Duas Águas (P1+2), da Asa Brasil e do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), Priscilla Silva, e de parceiros da Serra da Ibiapaba.

Seu Zezinho iniciou falando da importância da família, da religiosidade, fé no trabalho e na chuva, “dificuldades a gente sempre passou, hoje esta tudo mais fácil, nunca vi tanta oportunidade para o agricultor conseguir as novidades, eu mesmo consigo manter minha família perto e com renda vinda da minha produção no quintal de casa”, ressaltou Zezim.

A assessora, Priscila Silva, disse que a família do casal, Seu Zezim e Dona Maria, são exemplos reais que todo o trabalho das tecnologias de convivência com o semiárido, dão certo, “o sucesso do trabalho dessa família é fantástico, eles são muito transparentes em suas conquistas e colocações, a presença do pai do Seu Zezim e do irmão Roberto, emocionou muito pela gratidão e união que faz a produção deles ser tão simples e que agrega renda”, disse Priscila.

Seu Zezim já é multiplicador antigo do não uso de agrotóxico e vem ampliando essa visão na comunidade que reside desde o final da década de 1980. Além de sentir na pele os efeitos negativos do agrotóxico que deixou ele e seus filhos doentes, fez com que ele mesmo buscasse conhecimento e achou a orientação em formações para produtores agroecológicos nos Programas Agroecologia Familiar e Projeto Raízes do Instituto Elo Amigo, realizado no inicio da década de 2000, junto com o seu filho José Hildernando.

Para o coordenador executivo do Elo Amigo, Marcos Jacinto, a experiência de vida da família do Seu Zezim, mostra que as oportunidades quando existem dão bons resultados, por isso a importância na ampliação de tecnologias e projetos de convivência para o semiárido, são necessárias e o Asa Brasil tem feito isso muito bem, “Seu Zezim já sabe que o Instituto sempre vai esta a disposição dele, o parceiro que além de ser um resultado real de um processo vivido a alguns anos e que ainda hoje multiplica e se atualiza, mostra que o nordeste merece cada vez mais investimentos para termos o peixe e hortaliças saldáveis, como as do quintal do Seu Zezim”, falou Jacinto.

Veja galeria de fotos abaixo:


0
0
0
s2sdefault