0
0
0
s2sdefault
Entrega de caráter produtivo do programa P1+2 foi motivo de festa na comunidade de Tabuleiro-Jucás

As primeiras 29 famílias contempladas com a cisterna calçadão do Programa uma Terra e Duas Águas, P1+2 da Articulação do Semiárido Brasileiro, ASA Brasil e financiado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome, que é realizado na região pelo Instituto Elo Amigo e tem capacidade para armazenamento de 52 mil litros de água, recebeu com muita festa na noite de sábado, 12/03, o caráter produtivo que é considerado o reforço de destaque para desenvolver a renda do beneficiário da cisterna. O kit entregue a cada família contém telas para montagem de galinheiro e proteção da produção de legumes e verduras, ração, pintos, carrinho de mão, mangueiras entre outros que somam o tal de 38 produtos.

Segundo o educador técnico do Programa P1+2, no Elo Amigo, Claudenê Lima, o caráter produtivo possibilita que as famílias desenvolvam e fortaleçam suas plantações, principalmente as pequenas que estão nos quintais que sempre ganham mais vida com a diversidade que ele proporciona.

Para o produtor rural e morador do sitio Veneza/Jucás, José Aurélio, os produtos entregues são muito bem vindos, vai ajudar as famílias e fortalecer a esperança por dias melhores “o projeto é muito bom e esta nos ensinando a cuidar da água de beber, de plantar e de criar nossos bichinhos, não foi só uma ajudinha qualquer, foi uma conquista da nossa comunidade, e digo logo, em poucos meses muitos que estão aqui hoje, vão esta melhorando suas vidas com seus quintais cheios de verduras”, disse.

Para o coordenador do Programa P1+2, no Elo Amigo, Ednaldo Alves, a feliz celebração de recebimento do caráter produtivo pelas famílias, mostra além de tudo gratidão, o projeto chegou na vida das pessoas para trazer água de qualidade, conhecimento e desenvolvimento. “Mostramos para eles o semiárido, que tem entre suas características, poucas chuvas, cuidar, economizar e reaproveitar a água que iria embora com o fim da chuva, e para essas 29 famílias agora é possível produzir por muito mais tempo com pouca água e em contra partida as famílias não se separam, porque agora eles tem muito mais motivos para permanecerem em suas terras”, destacou Ednaldo.

A noite seguiu com um churrasco realizado pelas famílias e reuniu aproximadamente 350 pessoas na comunidade do Tabuleiro e das demais localidades que receberam a cisterna (Veneza, Juazeiro Redondo, Roçado de Dentro, Onça e Jatobá).

Galeria de Fotos:

Entrega de caráter produtivo do programa P1+2 foi motivo de festa na comunidade de Tabuleiro-Jucás
Watch the video

As primeiras 29 famílias contempladas com a cisterna calçadão do Programa uma Terra e Duas Águas, P1+2 da Articulação do Semiárido Brasileiro, ASA Brasil e financiado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome, que é realizado na região pelo Instituto Elo Amigo e tem capacidade para armazenamento de 52 mil litros de água, recebeu com muita festa na noite de sábado, 12/03, o caráter produtivo que é considerado o reforço de destaque para desenvolver a renda do beneficiário da cisterna. O kit entregue a cada família contém telas para montagem de galinheiro e proteção da produção de legumes e verduras, ração, pintos, carrinho de mão, mangueiras entre outros que somam o tal de 38 produtos.

Segundo o educador técnico do Programa P1+2, no Elo Amigo, Claudenê Lima, o caráter produtivo possibilita que as famílias desenvolvam e fortaleçam suas plantações, principalmente as pequenas que estão nos quintais que sempre ganham mais vida com a diversidade que ele proporciona.

Para o produtor rural e morador do sitio Veneza/Jucás, José Aurélio, os produtos entregues são muito bem vindos, vai ajudar as famílias e fortalecer a esperança por dias melhores “o projeto é muito bom e esta nos ensinando a cuidar da água de beber, de plantar e de criar nossos bichinhos, não foi só uma ajudinha qualquer, foi uma conquista da nossa comunidade, e digo logo, em poucos meses muitos que estão aqui hoje, vão esta melhorando suas vidas com seus quintais cheios de verduras”, disse.

Para o coordenador do Programa P1+2, no Elo Amigo, Ednaldo Alves, a feliz celebração de recebimento do caráter produtivo pelas famílias, mostra além de tudo gratidão, o projeto chegou na vida das pessoas para trazer água de qualidade, conhecimento e desenvolvimento. “Mostramos para eles o semiárido, que tem entre suas características, poucas chuvas, cuidar, economizar e reaproveitar a água que iria embora com o fim da chuva, e para essas 29 famílias agora é possível produzir por muito mais tempo com pouca água e em contra partida as famílias não se separam, porque agora eles tem muito mais motivos para permanecerem em suas terras”, destacou Ednaldo.

A noite seguiu com um churrasco realizado pelas famílias e reuniu aproximadamente 350 pessoas na comunidade do Tabuleiro e das demais localidades que receberam a cisterna (Veneza, Juazeiro Redondo, Roçado de Dentro, Onça e Jatobá).

Galeria de Fotos:


0
0
0
s2sdefault