0
0
0
s2sdefault
Rede do Futebol para o desenvolvimento realiza encontro nacional em João Pessoa-PB

Nos períodos de 24 a 28/05, na capital paraibana, João Pessoa, a Rede da Comunidade de Aprendizagem de Futebol para o desenvolvimento esteve realizando seu encontro nacional que acontece duas vezes ao ano. Do estado do Ceará duas entidades representam a rede, a Central Única das Favela (CUFA) e Instituto Elo Amigo (IEA).

O evento começou com uma roda de conversa sobre as atividades das instituições e contou com a presença da secretaria-executiva, Street football world (SFW), que é mantenedora da rede que facilitou a participação de parceiros locais na atividade.

O Elo Amigo esteve participando com uma das coordenadoras do Projeto Esporte e Juventude, Vildilene Moura que apresentou os resultados positivos do projeto que aconteceu em 2016 a partir da parceria do IEA com a Prefeitura de Iguatu,CE e Secretaria de Ação Social que atuou diretamente com 150 crianças e adolescentes, acompanhadas pelos Centro de Referência da Assistência Social (CRAS). Além de citar o projeto, Moura, destacou ações pontuais na comunidade da Vila Centenário e no sítio Bravo e da participação na capacitação do “Manual de Futebol para o Desenvolvimento, impressões e desafios”, que aconteceu na cidade do Rio de Janeiro no final de março e contou com participação da educadora esportiva do IEA, Erika Saraiva.

Rede do Futebol para o desenvolvimento realiza encontro nacional em João Pessoa-PB
O evento envolveu as entidades integrantes da Rede a diálogos e debates sobre desenvolvimento, sustentabilidade e comunicação popular

Capitação de recursos

As entidades seguiram o evento debateram o uso responsável e transparente do “Fundo Solidário” e na sequência aconteceu uma palestra com a holandesa representante da Concern Universal no Brasil, Angela Bright, que apresentou dicas de editais sobre capitação de recursos internacionais.

Comunicação popular

Na sequência da programação a conversa foi com a subeditora do G1 da Paraíba, Aline Oliveira, que disse se agradar muito da comunicação popular e a empresa que trabalha tem ouvido bastante esses setores de comunicação alternativo e pautado eles, reforçou que as entidades e movimentos do terceiro setor tem muita abertura para noticiar suas atividades e fazer parcerias junto a grande imprensa.

Intercâmbio

O encontro oportunizou muitas trocas de experiências, as várias metodologias apresentadas por educadores, visitas a entidades locais como ao Projeto Beira da Linha, que atua no Alto do Mateus e atende cerca de 150 crianças e adolescentes e uma visita a Vila Olímpica Paraíba, no Bairro dos Estados que é um equipamento público que oferece a prática esportiva a toda comunidade.


0
0
0
s2sdefault