0
0
0
s2sdefault

IMG 1764

 

No mês de agosto, o INSTITUTO ELO AMIGO, realizou capacitação em Sistema Simplificado de Manejo de Água (SISMA) com 23 famílias agricultoras das comunidade de Várzea de Fora e Junco, do município de Iguatu, que receberão a cisterna de produção, também conhecida como cisterna de segunda água, do Programa Uma Terra e Duas Águas (P1+2).

O curso faz parte das ações realizadas dentro do P1+2 e tem como objetivo trocar saberes com as famílias sobre o manejo das cisternas, tanto de primeira como de segunda água, agricultura familiar, produção agroecológica, uso dos defensivos naturais, e muito mais, em parceria com a Articulação Semiárido Brasileiro (ASA), financiado pelo Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) e o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS).

Para o agricultor César Carlos Braz, a capacitação é uma forma de aprendizagem e preparo para que a água seja utilizada de maneira eficiente e correta, evitando desperdícios. ”Eu já penso em produzir frutas e hortaliças no meu quintal”, Finaliza César.

IMG 1740

 

O Coordenador de Projetos Francisco Braz, explica que o momento é importante para que as famílias possam ficar aptas para a produção de alimentos. “Já estamos trabalhando com essas famílias há algum tempo, e esse é o momento em que elas estarão em condições de receber o projeto produtivo” finaliza Braz.

O Instituto Elo Amigo está executando o Projeto P1+2 nos municípios de Iguatu e Icó, e irá beneficiar 200 famílias agricultoras com a implementação de tecnologias para desenvolvimento de quintais produtivos e práticas agroecológicas. Ao todo, 200 tecnologias estão sendo construídas nas duas cidades. Cada município terá 51 cisternas-calçadão, 44 de enxurradas e 5 barreiros-trincheira. Um investimento de 2 milhões e 400 mil reais.


0
0
0
s2sdefault