0
0
0
s2sdefault
Fórum Microrregional promove audiência publica sobre obra da adutora do açude Muquem em Jucás com comunidade e Funasa

Na manhã do dia, 07/06, na cidade de Jucás, aconteceu uma audiência pública puxada pelo Fórum Microrregional pela Vida no Semiárido-Iguatu, FMVSA, no Polo de Lazer Cely Correia. O momento contou com aproximadamente 150 pessoas de entidades de toda a região, representantes da prefeitura de Jucás e populares, para debater uma solução para a obra parada da adutora do açude Muquém que esta sendo feita desde 2013 para garantir o abastecimento d’água das cidades de Cariús e Jucás.

O evento contou com a presença do superintendente da Fundação Nacional de Saúde, Funasa, Leonildo Peixoto, que explicou a atual situação da obra que está orçada em nove milhões de reais. O superintendente disse que só falaria quando chegasse algum representantes da prefeitura de Cariús. O secretario de agricultura, Antônio de Ancelmo, representou o prefeito e juntamente com os presentes ouviram a longa fala que esclareceu como e quando foram feitos os repasses que a Funasa via Governo Federal já haviam feito no valor de 4,5 milhões, que representa 50% da obra que vai beneficiar diretamente os dois municípios, porém o convenio foi fechado com a prefeitura de Cariús e é dela que precisa ser cobrado.

“Depois que fizeram contato conosco, fui verificar a real situação da obra e me deparei com o termo vencido desde o dia sete de maio e já em processo de bloqueio. Fiz um pedido formal para que ela não fosse barrada e peço humildemente ao senhor prefeito de Cariús a sua presença em nosso gabinete em Fortaleza essa semana para oficializar o pedido de prazo para concluir a prestação de contas do ultimo repasse da obra para que a outra parcela seja liberada para continuar o trabalho e garantir água para a população local”, disse Peixoto.

O presidente do sindicato dos funcionários públicos de Jucás e professor, Edivanildo Rodrigues, questionou a falta de transparência da obra: “é muito dinheiro para uma obra que não caminha e o período de seca castigando a região e nada é concluído”, disse.

A integrante do FMVSA e Caritas-Iguatu, Elenice Morais, falou dos prazos que sempre são descumpridos e os gestores públicos nunca são responsabilizados por nada: “Sou de entidade social que realiza projetos governamentais e sempre é tudo rigoroso para nós, principalmente os prazos, por que isso não acontece com a mesma intensidade com os gestores?”, perguntou ela.

Ao final do evento o secretario Antônio repassou a informação aos presentes que o prefeito João Gilvan de Oliveira (PPL), já havia assinado o requerimento de ampliação do prazo da obra e que deve está indo semana que vem resolver todas as pendencias na Funasa. Por sugestão da plenária o superintendente foi visitar a obra acompanhado de representantes das prefeituras de Jucás e Cariús para visualizar em que situação esta a obra.

Galeria de Fotos:


0
0
0
s2sdefault