0
0
0
s2sdefault
Fórum Cearense realizou reunião ampliada em Iguatu e apresenta pesquisa que destaca participação da mulher

Nos dias 19 e 20/04, no centro Diocesano de Iguatu, esteve reunido o Fórum Cearense Pela Vida no Semiárido, FCVSA, e contou com aproximadamente 50 pessoas de entidades de todas as regiões do estado.

Entre as várias pautas do evento, estava o cenário atual da política nacional, os presentes realizaram uma analise de conjuntura dos impactos do momento junto às tecnologias de convivência com o semiárido e também a leitura de carta da ASA Brasil que manifestou um pedido aos senhores senadores da republica que reparem o erro do impeachment protagonizado pela Câmara dos deputados no último dia 17 de abril de 2016.

No segundo dia foi apresentada uma pesquisa realizada pela Escola de Formação Política e Cidadã (Espaf), numa comunidade rural em Tianguá, que inicialmente apresenta dados impactantes no cotidiano rural. A pesquisa que deve ser apresentada na sua totalidade nos próximos meses, mostrou entre várias coisas a forte participação das mulheres vêm ocupando o mercado pela determinação, importância e por serem sempre a pessoa que esta participando de tudo, desde plantar, cultivar, coletar e vender, além de se manter presente na rotina familiar cuidando da casa e dos filhos. Outro ponto importante da pesquisa foi à visibilidade das politicas de convivência com o semiárido serem fundamentais. A família do agricultor João Silva, usada como referencia destacou que depois da chegada da cisterna de 1ª água, 16 mil litros d'água, trouxe saúde e a renda veio com a chegada da cisterna calçadão, 52 mil litros, que passou a manter por mais tempo o quintal produtivo que vai desde hortaliças até a criação de pequenos animais como porcos e galinhas.

Fórum Cearense realizou reunião ampliada em Iguatu e apresenta pesquisa que destaca participação da mulher

A reunião ampliada terminou com a representante do Ceará na coordenação executiva da Asa Brasil, Odaleia Severo, do Instituto Antônio Conselheiro de Quixeramobim, falando sobre em que estado esta os projetos de convivência com a seca no Ceará, em especial o projeto piloto do reuso da água cinza que esta sendo implementado incialmente em 200 famílias e que deve ter sua ampliação ainda esse ano “O projeto da água cinza não é só do interesse do Fórum, é também do governador Camilo Santana e da Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA), que tem buscado implementar essa tecnologia que vai diminuir muito o desgaste de água das famílias no semiárido”, disse Odaleia.


0
0
0
s2sdefault