0
0
0
s2sdefault
Famílias de Saboeiro ganham formação e cisterna de Primeira Água

Desde o mês de março o Instituto Elo Amigo (IEA) vem mobilizando mais de 60 comunidades da cidade de Saboeiro/Ce, para receberem cisternas de Primeira Água. As atividades da instituição mobilizaram mais de 194 famílias que receberam formação de Gerenciamento de Recursos Hídrico (GRH) que aconteceram nas comunidades rurais da Lagoa de Dentro, Aroeira Ferrada, Alto da Espera, Cruzeta, Lagoa dos Marinheiros e Cachoeira Grande.

A demanda identificada pelo Fórum Cearense Pela Vida no Semiárido (FCVSA) e confirmada pela Comissão Municipal das Cisternas de Saboeiro, vai beneficiar 194 famílias que vão receber uma cisterna de Primeira Água do Programa Um Milhão de Cisternas para o Semiárido (P1MC) com capacidade de 16 mil litros d'água, construídas com recursos da Fundação Banco do Brasil (FBB) e realizado na localidade pelo Elo Amigo.

As formações de GRH que aconteceram em março, abril e maio deste ano, surpreenderam os participantes e mostrou que o pouco de cuidado com água faz muita diferença. “Nunca pensei que poderia economizar tanta água fazendo tão pouco. Pensava que qualquer água serviria para beber, mas tudo precisa de cuidado e aprendi bem sobre isso nessas aulas que o Elo Amigo me deu”, destaca Teresinha Pereira do sítio Lagoa das Porteiras.

Formação de pedreiros

Além da formação com as famílias o Elo Amigo também fez uma formação com os pedreiros que aconteceu na comunidade Lagoa de Dentro e contou com a participação de 20 trabalhadores. A atividade com eles garante a qualidade da cisterna, evita desperdício e manter o alinhamento deles com a política do IEA e da convivência com o semiárido e as famílias. “Essa formação com os pedreiros têm nos fortalecido bastante, mostra a eles e as comunidades beneficiadas que o Elo Amigo é uma entidade seria, e nós garante a qualidade do produto final”, comentou o educador técnico, Ângelo Silva.

Para o coordenador de projetos do IEA que está a frente dessa atividade no Saboeiro, Francisco Braz, cada momento é importante para as famílias que estão recebendo cisternas de água para beber, para garantir a saúde e melhoria na qualidade de suas vidas. Francisco destacou a rapidez das construções que já passa dos 50% e espera que até a matade do mês de junho todas as cisternas estejam prontas e matando a cede das famílias. “Nossa equipe não tem medido esforços para garantir água para as 194 famílias beneficiadas, com poucas chuvas e a escarces de água para beber no reservatório do Ceará, a cisterna com 16 mil litros de água garante a segurança hídrica dessas famílias”, afirmou Braz.

Leia também:

Formação de GRH movimenta beneficiários da P1MC na área rural de Quixadá

Imagens da formação na Lagoa de Dentro e Aroeira Ferrada no dia 30/03

Imagens da formação na Lagoa dos Marinheiros e Cachoeira Grande no dia 05/05

0
0
0
s2sdefault