0
0
0
s2sdefault
Elo Amigo fecha 2015 com meta do Negócio a Negócio do Sebrae cumprida

No final de dezembro de 2015, o projeto Negócio a Negocio do Sebrae, executado pelo Instituto Elo Amigo, concluiu seu primeiro ciclo de acompanhamento a um total de 1.170 empresas em 11 municípios do Centro-Sul, Vale do Salgado e Cariri.

O projeto atende Micro empresas e Micro empreendedores individuais, dos mais diversos setores, que vai desde a indústria até produtores rurais.

Segundo a coordenadora do projeto no Elo Amigo, Aurineide Carneiro, as empresas que participam do Negócio a Negócio nitidamente tem uma melhoria organizacional e consequentemente de lucro. Aurineide explicou que cada empresa participante tem dois ciclos de formação. O primeiro ano de participação é divido em três visitas, a primeira para inserção e apresentação do projeto, a segunda visita é aplicado um questionário para construção de um plano de negócio e para identificar os pontos fortes e fracos da empresa para que a micro empresa ou empreendedor participem de qualificações profissionais ofertados pelo Sebrae. A terceira visita do primeiro ano/ciclo, se dá, para visualizar o que melhorou ou se precisa de mais qualificação.

Equipe do Negócio a Negócio do Elo Amigo
Equipe do Negócio a Negócio do Elo Amigo

 

“Quando identificamos os pontos fracos das empresas como por exemplo: organização das finanças, buscamos junto ao Sebrae uma formação para qualificar e ajudar o micro a superar essa dificuldade”, lembrou Aurineide.

O segundo ciclo do acompanhamento do projeto Negócio a Negócio é semelhante ao primeiro ano com as mesmas empresas que só podem participar por 2 anos. Todo o processo é gratuito e pode ser solicitado em qualquer unidade do Sebrae em qualquer parte do Brasil.

Veja abaixo os municípios atendidos pelo Elo Amigo:

Números das metas que rendeu 1.170 empresas atendidas

Leia também:

Instituto Elo Amigo celebra convênio com o SEBRAE para execução do programa Negocio a Negocio.


0
0
0
s2sdefault